Conheça a origem da Furadeira

Devido ao crescimento populacional e avanço tecnológico, temos atualmente, como consequência dessa globalização, enorme facilidade em encontrar aquilo que necessitamos, em questão de minutos ou segundos e, apenas alguns cliques.

Temos hoje a nossa disposição, diversas opções de ferramentas, marcas e modelos, facilitando nossas vidas. Uma delas é a furadeira. Na escolha do modelo e brocas apropriadas, podemos obter o resultado desejado em poucos instantes, mas antes de sua origem não havia toda essa facilidade. Talvez fosse necessário utilizar um trado (broca com olhal para colocar um cabo de madeira) ou arco de pua (antecessor da furadeira, já com mandril, mas que necessitava de força humana para girar o eixo).

 

A história da furadeira

A história da furadeira teve início em 20 de agosto de 1889, quando sua patente foi registrada pelo engenheiro elétrico Australiano Arthur James Arnot. Seis anos após, os irmãos Wilhelm Emil Fein e Carl Fein registraram a primeira furadeira elétrica portátil, em Stuttgart, Alemanha.

Em 1917, na cidade de Baltimore, nos Estados Unidos, Samuel Duncan Black e Alonzo G. Decker, criaram um modelo parecido ao que temos hoje, com mandril de 1/4″, em forma de pistola e gatilho. Outros inventores buscaram aperfeiçoar a furadeira, um dos incentivadores foi Henry Ford, pois precisava de uma ferramenta assim em sua linha de produção.

furadeira

No início dos anos 20 nasce a Milwaukee, uma oficina de reparos, dando-lhe a oportunidade de aprender sobre os equipamentos fabricados e perceber como melhorá-los.
Em 1923, a Black & Decker lançou a primeira furadeira elétrica com braço de sustentação total, por apenas $16,95. Na Década de 30, a Bosch lançou sua primeira furadeira.
Em 1964, a Black & Decker participou do Projeto Gemini, fornecendo uma furadeira sem fio para ser usada no espaço pelo programa espacial americano. Em 1968 a furadeira lunar também foi utilizada no Projeto Apollo.

Em 1969, a Makita lançou a primeira ferramenta a bateria, a furadeira modelo 6500D.

 

primeira furadeira makita

Desde então, furadeiras e tantas outras ferramentas têm sido aperfeiçoadas por seus fabricantes, que buscam inovação, proporcionando aos seus consumidores cada vez mais conforto e praticidade.

Mas como usar a Furadeira?

Existem diversos modelos de brocas, primeiramente, deve-se ter o cuidado em escolher a broca apropriada, de acordo com o material a ser perfurado, seja ele madeira, aço, concreto, etc. Caso tenha alguma dúvida em qual broca usar, confira: 

De acordo com o parafuso a ser utilizado, deve-se escolher o tamanho da bucha mais adequada. Definido isso, saberá qual tamanho de broca usar, pois ela deverá ter o mesmo tamanho da bucha.

parafuso e bucha

Encaixe a broca no mandril e aperte-o com o auxílio de uma chave apropriada (chave de mandril), uma dica é deixá-la presa ao próprio cabo da furadeira para evitar perda, e lembre-se, nunca deixe o mandril frouxo, pois isso poderá causar acidentes.

Apertar o mandril

Antes de furar, use uma fita crepe sobre o local, isso evita que a furadeira cause danos a parede em caso de contato e também evita que a broca escorregue ao ligar a furadeira. Outra dica para evitar que isso aconteça é fazer um pequeno furo com prego na marcação, pois ajuda a encaixar a ponta da broca.

 

furo com fita crepemarcação com prego

 

 

Para perfurar, posicione a broca em linha reta, equilíbrio e um pouco de força serão necessários, pressione o botão de forma contínua até entrar toda a broca, atente para que o contato da furadeira com a parede não seja agressivo, solte o botão assim que esse contato estiver próximo. Para retirar a broca altere para a velocidade reversível.

furadeira em uso

Uma maneira fácil para eliminar a poeira resultante é, ligar a furadeira apontada para cima com a saída de ar apontada para o furo.

Agora é só encaixar a bucha e parafusar com o auxílio de uma chave de fenda.

 

Agora que você conheceu, e sabe como usar a furadeira, conheça toda nossa linha acessando o link abaixo