Como saber se o motor da furadeira está sendo forçado?

Furadeiras são ferramentas úteis para inúmeros trabalhos em casa e grandes projetos de construção. Assim como qualquer outra ferramenta, a furadeira podem ceder ao uso indevido ou excessivo. Portanto, sabe identificar quando o motor da furadeira está sendo forçado é essencial para manter a ferramenta funcionando por um longo tempo.

Se a sua furadeira for tão fácil de usar como a maioria que existe no mercado, você pode continuar usando e supor que ela irá durar para sempre. Não se deixe levar, aqui estão seis sinais que você deve observar para saber se a sua furadeira está precisando de um reparo.

  1. Potência enfraquecida: você já ligou sua furadeira COM FIO para fazer um furo ou aparafusar e percebeu que a potencia está tão baixa que seria mais fácil ter usado um arco de pua? A causa mais provável de enfraquecimento da energia é escovas de carbono antigas ou gastas. As escovas de carvão são pequenos blocos de carbono que transferem a corrente elétrica da fonte de energia para o motor. As escovas de carbono desgastam-se pelo uso e podem ser substituídas.

  2. Cheiro de queimado: motor com defeito às vezes libera um cheiro de queimado muito reconhecível. A máquina pode parecer que funciona; girando e tudo, mas esse cheiro de queimado é um sinal de que algo está errado e seu motor pode estar sobrecarregado. Os motores geralmente geram muito calor quando estão em uso. Se, no entanto, o berbequim estiver funcionando por muito tempo, o motor ficará superaquecido e dará aquele cheiro de queimação. A ferramenta pode continuar girando, mas a broca irá parar de funcionar. É aconselhável desligar a furadeira e deixar esfriar antes de investigar a raiz do problema.

  3. Ruído agudo de alta frequência: As furadeiras geralmente emitem uma barulho alto quando estão em uso, mas quando você ouve um ruído estridente incomum, diferente do usual, algo está errado. Se você estiver usando a sua furadeira com frequencia e não encontrou tempo para lubrificá-la, você pode ter encontrado a razão para o ruído estridente.

  4. Faíscas e fumaça: se você estiver usando sua furadeira elétrica e ela começar a emitir faíscas ou a exalar fumaça, você deve desligá-la imediatamente e deixar esfriar antes de tentar diagnosticar o problema. Faíscas e furmaça são sinais de alguma tensão no motor de sua furadeira, que pode ser causada se partículas de poeira ou madeira do seu local de trabalho entrarem na ventilação da furadeira.

  5. A furadeira não liga: às vezes você está pronto para fazer um trabalho com sua furadeira elétrica, e ela simplesmente não liga, mesmo que você a tenha usado ontem! Existem caixas no final do motor, onde a eletricidade é encaminhada. Essas caixas contêm escovas e molas que se desgastam e encurtam com o tempo. Boa notícia: peças gastas podem ser substituídas.

  6. Superaquecimento: Uma vez que a furadeira está ligada, ela naturalmente produzirá calor. Se, no entanto, você perceber que sua broca está superaquecendo, pode ser um ou mais dos seguintes motivos:

  • *Você provavelmente usou a sua broca para fazer mais trabalho do que foi projetada para fazer.
  • *Se houver uma conexão de energia insatisfatória.
  • *A parte mais estressante da operação do motor é a partida. Iniciar e parar com muita frequência causará superaquecimento.

Enfim cuide bem da sua furadeira pois ela é uma ferramenta muito durável se bem conservada. Deixe-nos saber se há algum outro problema não listado aqui que você tenha experimentado usando uma furadeira elétrica.